Tabela INSS: consulte os novos valores das cotações

Devido ao reajuste do salário mínimo, que passou a R$ 1.212 por mês, muitos outros pagamentos com base no plano nacional também foram reajustados.

É o caso de benefícios como Seguro-Desemprego, Abono Estipêndio PIS/PASEP e abono de pagamento continuado (BPC-Loas), entre outros.

Assim como eles, também as contribuições mensais ao INSS tiveram reajuste de 10,18%.

Com isso a tabela de contribuições previdenciárias mudou e já começam a assumir os novos valores? ?em vigor a partir deste mês.

Como são calculados os descontos do INSS?

Desde novembro de 2019, com a Reforma da Previdência, o método de cálculo do desconto do INSS tornou-se progressivo.

Ou seja, o os descontos passaram a ser definidos com base na faixa salarial do beneficiário, até o teto, bem como na apuração do Imposto de Renda (IR).

Com base na definição do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) , que para este ano é de 10,18%, as novas alíquotas do INSS são as seguintes:

Para quem ganha até R$ 1.212

Empregados, empregados domésticos ou pessoas físicas com até um salário mínimo, as novas alíquotas deve estar entre 7,5%

Para quem ganha entre R$ 1.212 e R$ 2.427,79

Por outro lado, quem ganha entre R$ 1.212 e R$ 2.247,79, o reajuste deve ficar em torno de 9%.

Para quem recebe entre R$ 2.427,80 e R$ 3.641,69

Para quem recebe de R$ 2.427,80 a R$ 3.641,69, a contribuição é reajustada em 12%.

Para quem recebe entre R$ 3.641,70 e R$ 7.088,50

A maior alíquota, que é de 14%, é para quem ganha entre R$ 3.641,70 e R$ 7.088,50


Auxílio Brasil: Saiba AGORA como consultar nova parcela de R$400 pelo CPF

Como sacar o Pis/Pasep 2022 e quem tem direito ao benefício?


Como fica para quem é MEI e contribuinte facultativo?

No caso dos Microempreendedores Individuais (MEI) ou contribuintes facultativos, a contribuição também sofre reajuste.

Mas mesmo assim no mês de janeiro, para esses contribuintes, os pagamentos do INSS continuarão sendo feitos com o Concurso 2021, com o valor do salário mínimo do ano passado.

Veja como estão as novas alíquotas para 2022:

Contribuinte pessoa física

Contribuinte pessoa física 20% – Código GPS 1007 – R$ 242,40

 Contribuinte pessoa física – Código GPS 1163 – R$ 133,32

Contribuinte facultativo

Contribuinte facultativo 20% – Código GPS 1406 – R$ 242,40

Contribuinte – Código GPS 1473 – R$ 133,32

Contribuinte de baixa renda – 1929 – R$ 60,60

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.